Durante um bate-papo aberto à comunidade, especialista promete demonstrar como atitudes simples do nosso cotidiano podem fazer a diferença para o meio ambiente e nossa comunidade mais próxima. Evento ocorrerá durante um piquenique de inauguração da Praça Horizonte

Sustentabilidade no nosso dia a dia. Esse é o tema de um bate-papo comandado pelo arquiteto e  membro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), Paulo Renato Alves, durante um piquenique de inauguração da Praça Horizonte, no Jardim Goiás (próximo ao Parque Flamboyant), no próximo sábado (07/04) a partir das 8h30min.

O evento, aberto ao público, será uma oportunidade para se aprender como pequenas e simples ações podem fazer a diferença no meio ambiente ao nosso redor. “Diminuir o consumo de plástico, evitar o uso de canudos, não jogar lixo nas ruas e diminuir o tempo do banho são ações simples, mas eficientes e que modificam a comunidade ao seu redor, gerando um efeito palpável”, afirma Paulo Renato. Para ele, existe nos dias de hoje um excesso de preocupação com as questões globais, enquanto são as pequenas e constantes atitudes é que realmente vão fazer a diferença.

Diante dos estragos da chuva que está surpreendendo e assustando o goianiense nesse ano, ele também irá mostrar como cada cidadão pode contribuir, com suas atitudes, com a permeabilidade do solo – fator fundamental para se diminuir os alagamentos na cidade.

A abordagem sobre o tema sustentabilidade vai ao encontro da proposta da Praça Horizonte, que oferece para a comunidade, por tempo determinado, um espaço de lazer e convivência que contará com sete estações de sustentabilidade. Construída em formato de praça escola, o local mostrará, por meio de maquetes interativas e painéis explicativos, o funcionamento de novas tecnologias, como reuso de águas residuais e captação de energia solar, que ajudam na racionalização dos recursos naturais.

A praça está sendo implantada na Avenida H do Setor Jardim Goiás, com uma frente para Parque Flamboyant e outra para a Praça das Artes, em terreno com quase quatro mil metros quadrados, onde será construído o residencial Horizonte Flamboyant. O empreendimento será lançado em maio deste ano.

“Além de dar função a um espaço enquanto as obras não iniciam, oferecendo mais lazer e integração das duas áreas verdes do bairro, vamos agregar também informação para a população”, explica Guilherme Pinheiro, diretor da GPL Incorporadora e Construtora, que participa do grupo empreendedor responsável pelo empreendimento, juntamente com a GPM Incorporação e a Emoções Incorporadora – que tem como sócio o cantor Roberto Carlos.

Feira de Ciências

Essas estações que estarão na Praça Horizonte foram inspiradas nas feiras de ciências escolares e irão explicar de maneira prática e didática os conceitos básicos de modernas tecnologias em sustentabilidade e o espaço, frisa o gestor comercial do empreendimento, Adriano Carrijo, estará aberto para escolas que desejarem promover aulas ao ar livre.

Algumas maquetes serão interativas, como a que demonstra o sistema de aquecimento solar para levar água aos chuveiros. “Teremos uma maquete com a representação de uma pessoa no banho, para tornar a experiência mais divertida”, explica Deborah David Rios, coordenadora de projetos da GPL Incorporadora e Construtora.

Os visitantes da Praça Horizonte também poderão interagir com o mecanismo que reproduz o sistema de reuso de água. Todas as bacias de água dos banheiros serão abastecidas com água reaproveitada, que será utilizada também na irrigação e limpeza da área comum.

A economia do uso de luz de LED também será demonstrada em outra estação de sustentabilidade, que fará uma comparação de eficiência com demais tipos de lâmpadas, incandescente e fluorescente.

Nesta mesma estação será apresentado o funcionamento de um micro sistema de automação que permite a dimerização da luz, ou seja, o controle da intensidade da iluminação. Com isso, ganha-se em economia e também em cenários.

Outro tipo de tecnologia sustentável que será abordado no espaço são os pontos de recarga para carros elétricos. O uso de veículos movidos a eletricidade é uma tendência forte no mundo inteiro. Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada este ano, até 2030 o estoque global de carros elétricos deve atingir 140 milhões de unidades, 10% da frota total de utilitários no mundo.

Práticas sustentáveis

Dentro desse conceito de Praça Escola, o espaço idealizado também estimulará boas práticas sustentáveis. Infográficos serão usados para informar sobre coleta seletiva de materiais como recicláveis (plástico e papel), além do descarte consciente de óleo de cozinha e pilhas e baterias.

Para oferecer bem-estar aos visitantes, o paisagismo da Praça Horizonte tem um conceito de acolhimento. Uma estrutura construída em concreto armado remete ao movimento da água e liga o Parque Flamboyant à Praça das Artes.

O espaço ficará disponível para visitação até março de 2019, quando iniciará as obras do Horizonte Flamboyant, onde todas as novidades tecnológicas apresentadas nas estações de sustentabilidade serão aplicadas.

“O objetivo é oferecer para comunidade, principalmente aos frequentadores do Jardim Goiás, uma nova opção de lazer que seja compatível também com a proposta do nosso empreendimento, que investe em tecnologia para um futuro melhor”, complementa José Marcos Pimentel, diretor da GMP Incorporação.

Sobre o Horizonte Flamboyant

O terreno de 3.794,60m² receberá uma torre única, com duas alas independentes. Os apartamentos serão de três e quatro quartos com metragem que variam de 177 a 204m² (com escaninho). O empreendimento também contará com quatro penthouses que variam de 444m² a 507,55m². Além da tradicional área de lazer no mezanino, uma segunda área de lazer e convivência será construída no 33º andar, o Sky Club, um espaço com vista panorâmica da cidade. Os itens de sustentabilidade e lazer são completados com projetos exclusivos de segurança e serviços.