O Prêmio Profissionais da Música (PPM), idealizado por Gustavo Ribeiro de Vasconcellos, acontecerá em Brasília no shopping Pier 21 de 16 a 21 de abril. Em sua 4ª edição, o PPM 2018 — E aí, qual é a sua Bossa contemplará representantes de 53 categorias do mercado profissional da música e homenageará Roberto Menescal, um dos fundadores da Bossa Nova e personalidade atuante no mundo da música aos 80 anos de idade.

A escolha desses nomes começa a se delinear a partir desta semana com a divulgação dos finalistas, resultado da votação feita entre os próprios inscritos. Até 1º de março o público poderá selecionar os seus preferidos via  internet (www.ppm.art.br) bastando, para isso, preencher um simples cadastro. No mesmo período, o júri, fará sua seleção. O cálculo entre as três votações –inscritos, público e júri–, com pesos 1, 0,5 e 2, respectivamente, apontará os vitoriosos que serão revelados durante o evento e premiados com o troféu A Parada da Música.

O PPM tem como objetivo expor e reconhecer a contribuição dos diversos profissionais envolvidos na criação, produção e circulação de obras e produções musicais e audiovisuais dentro dos mais variados setores. “Nossa proposta é colaborar para o desenvolvimento de oportunidades e novos negócios deste grande setor que é a música a partir da convergência com outros segmentos. Assim, podemos expandir fronteiras ao promover intercâmbios e disseminar legados, compartilhando experiências e emoções”, explica Gustavo.

Na 4ª edição, o PPM receberá profissionais do Brasil. Durante uma semana de evento, os participantes terão à disposição uma extensa programação composta de painéis, palestras, pocket shows e exibição de documentários musicais. Outro atrativo será o espaço destinado ao network e negócios entre os participantes montado nas instalações do Shopping Pier 21 às margens do lago Paranoá de Brasília.

Conheça os segmentos e categorias do PPM

SEGMENTO CRIAÇÃO:

Autor; Autora; Cantor; Cantora; Instrumentista Popular; Instrumentista Erudito; Arranjador; Artistas/Intérpretes; Hip Hop & Rap; Instrumental; Rock; Blues; Hardcore; Groove & Pop; Raiz Regional; Cultura Popular; Samba; Choro; Eletrônico; Projetos Musicais Especiais (shows, álbuns digitais, CDs, DVDs ou projetos); Infantil; Educativo; Bloco de Carnaval; Som de Rua; Orquestras; Grupos Vocais e Trilha de TV e Cinema.

PRODUÇÃO:

Editora (Pessoa Jurídica); Produtor Musical; Produtor Artístico; Produtor Executivo; Produtor de Trilhas Sonoras para TV e Cinema; Selos e Gravadoras; Engenheiros de Gravação; Engenheiros de Mixagem; Engenheiros de Masterização; Designer; Fotógrafo; Agência de Comunicação; Diretores de Vídeo Clips; Produtor de Evento; Escritórios de Agenciamento de Artistas; Estúdios de Gravação e Mixagem e Estúdios de Masterização.

CONVERGÊNCIA:

Festivais de Música; Start Ups; DJs; Projetos Culturais Musicais; Canais de Divulgação de Música; Programas de WebTV; Web Rádio; VJs; Rádios Públicas e Privadas; Programas de Rádio; Canal de YouTube; Plataformas de Negócios e Escolas de Música.

HOMENAGEADO

Com uma carreira de mais de 50 anos, o violonista, compositor e produtor Roberto Menescal, autor de clássicos como “O Barquinho”, “VocêNós e o Mar” e “Rio”, é o homenageado da 4ª edição do PPM. O artista capixaba que também é a cara do Rio de Janeiro, participou de trilhas sonoras de filmes como Joana FrancesaBye Bye Brasil e Sabor da Paixão, e tem quatro livros biográficos publicados. Aos 80 anos, ele continua se apresentando ao redor do mundo, além de atuar como produtor musical.

Na 1ª edição (2015), o homenageado foi o poeta e artista Renato Russo. Na 2ª (2016), o autor e compositor mineiro Fernando Brant foi a personalidade reverenciada. Já a 3ª (2017) focou no coletivo a partir do argumento de que uma associação é resultado de união e colaboração, permitindo expansão e evolução. Assim, a homenagem foi para os 15 anos da Associação Brasileira de Música Independente (ABMI), tendo como símbolos, três de seus fundadores: o músico e maestro Benjamim Taubkin, o produtor Pena Schmidt e o autor e publicitário Thomas Roth. Para este ano, Roberto Menescal, um dos ícones da Bossa Nova, estilo musical que completa 60 anos. Através deles, importantes movimentos musicais brasileiros foram relembrados como o rock de Brasília, Clube da Esquina, MPB e, agora, a Bossa Nova.

CONHEÇA O JÚRI DO PPM 2018

                             O júri do PPM 2018 é composto por 18 pessoas, entre produtores, jornalistas, músicos, diretores artísticos e tantos outros profissionais relevantes para o universo musical. São eles Thomas Roth, produtor musical, compositor, músico, cantor, ator, apresentador e jurado de televisão; Bruno Boulay, diretor-fundador da TOTEM Records e desenvolvedor de produções artísticas a nível internacional; Marinilda Boulay, produtora e diretora artística de diversas turnês de artistas brasileiros e internacionais no Brasil desde 2000; Fernando Anitelli, ator, instrumentista e compositor e responsável pela criação do projeto  O Teatro Mágico que mistura arte circense, cultura, poesia e discussões políticas; Flávio de Abreu, produtor executivo e booker que já trabalhou para várias empresas multinacionais em diferentes áreas e realizou projetos em mais de 15 países da África, Médio Oriente, Europa e América do Sul; Manno Góes, compositor, escritor, cantor e baixista brasileiro; Monique Dardenne, uma das criadoras da plataforma Women’s Music Event; Claudia Assef, atora do único livro escrito no Brasil sobre a história do DJ e da cena eletrônica nacional; Pedro Valli, profissional e pesquisador da área de inteligência musical e co-fundador da incubadora de artistas Pac Music; Eron Quintiliano, idealizador e Diretor do MATE (Música, Arte, Tecnologia e Educação), encontro internacional que reúne profissionais do mercado da música e economia criativa da América do Sul; Mariana Guel, gerente de marketing do shopping Pier 21 e uma das idealizadoras do projeto musical Selva; Fabiana Batistela, diretora geral da Semana Internacional de Música de São Paulo (SIM São Paulo); Renata Gomes, gestora de Comunicação e Marketing há 15 anos, desenvolvendo estratégias para marcas internacionais do segmento de equipamentos musicais, artistas e eventos da área de música e entretenimento; Daniel Domingues, pesquisador do Mapa Musical RJ e coordenador de música da Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro; Pena Schmidt, produtor musical; José Carlos Camapum Barroso, jornalista, poeta, compositor e autor do blog cultura Zeca Blog; Laura Lopes, diretora do encontro internacional Música Mundo e da Disco Produções e por Gustavo Goldschmidt, co-fundador e CEO do Superplayer, um serviço de streaming de música com mais de 4 milhões de downloads no Brasil

PRAZOS FINAIS

 Divulgação dos finalistas por categoria (19 de fevereiro de 2018)

Período de votação do público em geral, previamente cadastrado (De 20 de fevereiro a 1º de março de 2018)

Período de votação comissão julgadora (De 1° a 10 de março de 2018)

Serviço:
PPM 2018
De 16 a 21 de abril de 2018
Pier 21